Vale Esclarece

A Vale apoia as ações da Samarco desde o primeiro dia do acidente

Comunicados

< Voltar
Compartilhar: Whatsapp

10/12/2015

Vale informa sobre ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público de Minas Gerais

A respeito da ação civil pública ajuizada nesta quinta-feira, 10, pela Promotoria de Justiça da Comarca de Mariana, em Minas Gerais, a Vale informa que nunca deixou de contribuir, ser transparente e prestar auxílio para minimizar as consequências do acidente ocorrido com a barragem da Samarco, em 5 de novembro. Desde o início, a empresa apoiou a conta e garantia de R$ 1 bilhão, formalizada pelo termo de compromisso celebrado com MPF e MP/MG com o objetivo de remediar efeitos socioambientais.

O bloqueio judicial de mais R$ 300 milhões, somando-se a inúmeros outros que vêm sendo promovidos, certamente, ao invés de ajudar, impede que a Samarco aplique esses mesmos valores para beneficiar os atingidos e recuperar o meio ambiente. Exaurir todos os recursos da Samarco só servirá, ao final, para comprometer empregos, desenvolvimento da região, arrecadação de impostos e geração de divisas para o país.

A Vale afirma que não se considera responsável pelo acidente e que a transferência de rejeitos para depósito nas estruturas da Samarco foi por ela gerenciada. As manifestações do Ministério Público são precipitadas no momento em que as causas dos acidentes sequer foram apuradas.

Compartilhar: Whatsapp